EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Oposição bielorrussa volta aos protestos contra Lukashenko

Oposição bielorrussa volta aos protestos contra Lukashenko
Direitos de autor BYTUT
Direitos de autor BYTUT
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Opositores ao regime de Alexander Lukashenko voltaram a manifestar-se contra o presidente, este domingo, na Bielorrússia. Repressão policial e milhares de detenções afastam eleitores e comunidade internacional.

PUBLICIDADE

Com música e palavras de ordem, a contestação na Bielorrússia recusa-se a baixar o volume. Os opositores ao presidente Alexander Lukashenko protestam há 50 dias sem interrupção, desde que o chefe de Estado saiu vitorioso das eleições presidenciais.

Este domingo, os manifestantes voltaram às ruas. De acordo com a polícia, a meio da tarde tinham já sido detidas cerca de 200 pessoas.

Apesar de ter ganho as eleições a 9 de agosto, Alexander Lukashenko deu formalmente início ao sexto mandato na presidência, esta quarta-feira, numa cerimónia de posse não anunciada.

No entanto, a sua liderança tem sido altamente contestada na Bielorrússia e conta com cada vez menos aliados fora do país.

Depois de União Europeia e Estados Unidos terem recusado reconhecer Lukashenko como presidente legitimamente eleito, a principal líder da oposição, Sviatlana Tikhanovskaya, deixou, este domingo, nas redes sociais um vídeo de apoio aos manifestantes, dizendo: "Somos milhões. Vamos ganhar".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líder da oposição da Bielorrússia exige afastamento de Lukashenko

Morreu cidadão lituano detido na Bielorrússia

Prisioneiro político bielorrusso morre por alegada falta de cuidados médicos