Líder da oposição da Bielorrússia exige afastamento de Lukashenko

Líder da oposição da Bielorrússia exige afastamento de Lukashenko
Direitos de autor from Euronews video
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A antiga candidata presidencial falou com o Conselho de Segurança da ONU através de ligação vídeo

PUBLICIDADE

Os protestos continuaram esta sexta-feira na capital da Bielorrússia, Minsk.

Grupos de manifestantes formaram correntes de solidariedade em várias partes da capital.

A antiga candidata presidencial Sviatlana Tsikhanouskaya falou ao Conselho de Segurança da ONU e, entre outras coisas, exigiu novas eleições.

Tsikhanouskaya exige ainda o fim imediato da violência e ameaças do regime e a libertação imediata de todos os prisioneiros políticos.

"O único obstáculo ao cumprimento destas exigências é o sr. Lukashenko. O homem agarra-se desesperadamente ao poder e recusa-se a ouvir o povo e os seus próprios funcionários... o regime de Lukashenko é moralmente falido e legalmente questionável, simplesmente insustentável aos olhos da nação", afirmou a líder da oposição dirigindo-se aos elementos do Conselho de Segurança da ONU, em Nova Iorque.

Entretanto, o presidente Lukashenko e o governo redobraram os contactos com Moscovo durante sta semana. 

O presidente russo, Vladimir Putin, já antes prometera apoio reconhecendo oficialmente os resultados das eleições presidenciais.

Esta sexta-feira seis jornalistas bielorrussos foram libertados depois terem sido detidos na terça-feira enquanto cobriam as manifestações de estudantes. 

O tribunal considerou os jornalistas culpados de participarem numa manifestação ilegal.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Oposição bielorrussa volta aos protestos contra Lukashenko

Oposição bielorrussa apela a mais sanções internacionais contra Lukashenko

Maria Kolésnikova terá sido detida