Última hora
This content is not available in your region

Nova Iorque fecha escolas públicas

euronews_icons_loading
Nova Iorque fecha escolas públicas
Direitos de autor  Kathy Willens/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Nova Iorque teve de mudar de estratégia. Depois de ter sido a única das maiores cidades americanas a reabrir as escolas públicas, estas vão agora ter de fechar portas face à progressão galopante de Covid-19: a taxa de testes positivos ultrapassou os 3%. Os Estados Unidos suplantaram também a fasquia das 250 mil mortes.

A Associação Americana de Médicos escreveu a Donald Trump para pedir a rápida transmissão das informações sobre o combate à Covid-19 à equipa de Joe Biden.

Por sua vez, num encontro virtual com profissionais de saúde, o presidente eleito explicou que "o Congresso já aprovou o dinheiro", mas o "Senado não avança" por "medo de represálias". Segundo Biden, quando Trump finalmente partir, as coisas podem mudar.

Nas últimas duas semanas, registaram-se mais de 100 mil casos de infeção por dia no país, totalizando mais de 11 milhões. Com a Califórnia, Washington e Minnesota à beira da rutura nos serviços de saúde, o Ohio tornou-se no mais recente Estado a impor o recolher obrigatório.