EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Cinco detenções em protesto contra Netanyahu em Jerusalém

Cinco detenções em protesto contra Netanyahu em Jerusalém
Direitos de autor Maya Alleruzzo/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Maya Alleruzzo/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Movimento que pede a saída do primeiro-ministro israelita saiu para a rua pela 22.ª semana consecutiva

PUBLICIDADE

Em Israel, já há 22 semanas que o sábado à noite é sinónimo de protestos contra Benjamin Netanyahu. O movimento já perdeu grande parte do fulgor inicial e esta semana, as maiores manifestações tiveram lugar em Jerusalém, com perto de três mil participantes, e em Cesareia, com cerca de dois mil. Em ambos os casos, as manifestações tiveram lugar em frente à residência oficial do primeiro-ministro israelita.

De acordo com os meios de comunicação locais, os protestos de Jerusalém deram origem a cinco detenções, incluindo uma das principais vozes do movimento anti-Netanyahu.

Os manifestantes defendem que o primeiro-ministro devia deixar o governo enquanto durar o julgamento onde é acusado de corrupção e criticam a gestão que o executivo fez da crise provocada pelo coronavírus. A economia do país foi duramente atingida e o número de desempregados disparou após o início da pandemia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Netanyahu disse a Blinken que não vai aceitar o fim da guerra em Gaza

Israel tenta impedir Tribunal Penal Internacional de emitir mandado em nome de Benjamin Netanyahu

Israel avisa Hamas que tem uma última oportunidade para negociar antes da invasão terrestre a Rafah