Última hora
This content is not available in your region

344 estudantes libertados na Nigéria

euronews_icons_loading
344 estudantes libertados na Nigéria
Direitos de autor  Sunday Alamba/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Foram libertados pelo menos 344 estudantes, raptados a 11 de dezembro, na sequência de um ataque à Escola Secundária de Ciências na cidade de Kankara, no noroeste da Nigéria.

O rapto foi reivindicado pelo grupo fundamentalista islâmico Boko Haram.

Os rapazes chegaram, esta sexta-feira, à capital do estado de Katsina.

O Governador Aminu Bello Masari, explicou que era essencial que a operação de resgate decorresse sem que fossem disparados tiros pois era necessário garantir a segurança dos rapazes e dos intermediários, que negociaram com os líderes do Boko Haram.

Masari concluiu que o resgate destes 344 estudantes foi um êxito e está muito feliz e agradecido por isso.

Os jovens serão submetidos a exames médicos antes de retornarem para o seio das famílias.

Durante o ataque, estavam mais de oito centenas de estudantes no recinto escolar. Centenas conseguiram fugir, não se sabe ao certo o número de jovens raptados.

O líder do Boko Haram, Abubakar Sheku, justificou o atentado à escola pois acredita que a educação ocidental não é islâmica.