EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Grupo de 279 raparigas sequestradas em Zamfara foi libertado

Algumas das raparigas raptadas sexta-feira e agora libertadas
Algumas das raparigas raptadas sexta-feira e agora libertadas Direitos de autor AP Photo/Sunday Alamba
Direitos de autor AP Photo/Sunday Alamba
De  Francisco Marques com Associated Press
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Governador Bello Matawalle diz ter sido mais um ataque aos esforços do governo local sem revelar como conseguiu resgatar as raparigas em pouco mais de 72 horas

PUBLICIDADE

Foram libertadas as quase três centenas de raparigas raptadas sexta-feira de uma escola no estado de Zamfara, no noroeste da Nigéria, informou o governador estatal.

Aparentando tranquilidade, as raparigas adolescentes foram filmadas a caminhar em fila ordenada sob escolta de homens fardados e armados, junto ao edifício sede do governo estatal, em Gusau.

Numa publicação no Twitter, às primeiras horas desta terça-feira, o governador Bello Matawalle agradeceu a Deus a libertação das raparigas de um sequestro "que se vem juntar a uma série de ataques aos esforços" do governo local, escreveu o líder político de Zamfara.

Uma testemunha do rapto, ouvida pela Associated Press, contou ter visto o grupo armado a atacar também posições das autoridades locais para alegadamente garantir o sucesso deste rapto, mais um na Nigéria tendo por alvo estudantes.

Alguns destes sequestros são obra de grupos jiadistas, mas há também milícias criminosas a executá-los no país para depois tentarem trocar os jovens por avultadas somas de dinheiro.

Neste último caso, os raptores não foram ainda identificados nem foi revelado de que forma terá sido conseguida a libertação das raparigas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pirâmides de arroz na Nigéria

344 estudantes libertados na Nigéria

Ataque a escola nigeriana