Última hora
This content is not available in your region

Problemas de temperatura atrasam entrega de vacinas em Espanha

euronews_icons_loading
Problemas de temperatura atrasam entrega de vacinas em Espanha
Direitos de autor  Cecilia Fabiano/LaPresse/LaPresse
Tamanho do texto Aa Aa

Problemas logísticos relacionados com a temperatura a que a vacina da Pfizer BioNTech deve ser conservada atrasaram a entrega das 350 mil doses, que a Espanha deveria ter recebido esta segunda-feira. O laboratório belga que as fabrica diz que o problema já está resolvido. As vacinas chegam esta noite.

Como todos os países, a Espanha procura vacinar o maior número possível de pessoas. Jeffrey Lazarus, do Instituto de Saúde Global de Barcelona, diz que não se devem ignorar as pessoas reticentes em ser vacinadas.

"Penso que à medida que se forem vendo os resultados, e sem grandes efeitos secundários, isso vai ajudar, mas terá de ser com consciencialização e abordagem dessas questões e não ignorando-as ou afastando-as. As maiores preocupações das pessoas que se opõe à vacinação neste momento são precisarem de mais tempo, e estarem preocupadas com os efeitos secundários"

O Chipre também iniciou no domingo a vacinação. Espera-se que milhão de pessoas seja vacinada na ilha. O presidente, Nicos Anastasiades, esteve entre os primeiros a receber a vacina.

Bergamo, uma das cidades mais atingidas pela pandemia, em Itália, também recebeu no domingo as primeiras vacinas. O presidente da câmara, Giorgio Gori, fala de esperança: "Sabemos que teremos de esperar alguns meses e, provavelmente, teremos de enfrentar a terceira vaga. Mas agora temos uma grande esperança. Veremos a luz ao fundo do túnel".

Enquanto se espera a luz verde para a vacina da Moderna, a Europa vai gerindo o processo em função das disponibilidades de fabrico da Pfizer/BioNTech. A Alemanha conta aumentar a produção, no seu território, destas vacinas em 2021. A farmacêutica alemã e a sua parceira norte-americana adquiriram uma fábrica à suíça Novartis, em Marburgo. Com a perspetiva de aumentarem a capacidade de produção.