Última hora
This content is not available in your region

Português na encruzilhada do brexit e da pandemia

Access to the comments Comentários
De  Joao Duarte Ferreira
euronews_icons_loading
Português na encruzilhada do brexit e da pandemia
Direitos de autor  from Euronews video
Tamanho do texto Aa Aa

Residente no Reino Unido há vários anos, o pintor e professor, Nelson Ferreira, ficou sem trabalho devido à pandemia. Mas longe de cruzar os braços, o confinamento serviu para criar um curso online dedicado à técnica de desenho Bargue, uma técnica desenvolvida em França no século XIX.

"Este vai ser o primeiro curso da minha academia online. Apesar de ser um curso obscuro, é aqui que todos os artistas devem começar. Não há batota em técnica clássica, tem que se saber desenhar mesmo bem, completamente à vista, rigoroso, com precisão e controlo total. O curso Bargue foi o mais importante do século XIX".

Para já, o curso está disponível em inglês e português mas estão previstas outras línguas.

"O curso tem uma cinematografia que não se encontra em lado nenhum até hoje, e também o curso é narrado em várias línguas para poder alcançar o número máximo de pessoas possível".

Apesar das circunstâncias atuais serem difíceis, Nelson Ferreira acredita nas oportunidades abertas pelo recurso à internet.

"2020 foi um ano difícil, 2021 terá ainda mais dificuldades para quem está no Reino Unido. Eu não tenho muita fé na situação dos artistas sediados em Londres, por outro lado, com a explosão do mercado online, não interessa muito onde é que estamos e, portanto, mesmo quem esteja em Londres poderá ter um mercado graças à internet o que irá colmatar em parte algumas das decisões políticas com as quais eu não concordo".