Última hora
This content is not available in your region

Desemprego recua na zona euro

euronews_icons_loading
Desemprego recua na zona euro
Direitos de autor  Paul White/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O desemprego na zona euro baixou ligeiramente pelo segundo mês consecutivo em novembro passado.

Trata-se de uma queda imprevista apesar do número de desempregados entre os jovens ter aumentado.

Os dados avançados pelo gabinete de estatística da União Europeia, Eurostat, indicam que a taxa de desemprego caiu de 8,4 para 8,3% em novembro.

Há um ano a taxa situava-se em 7,4%.

Especialistas ressalvam que a taxa de desemprego não inclui todos aqueles cujos salários são pagos parcialmente ou na totalidade pelo empregador.

Os números contudo revelam que para os mais jovens a realidade do desemprego se agravou atingindo uma taxa de 18,4% em novembro, um agravamento de 0,4% em relação ao mês anterior.

Teme-se agora que uma nova vaga de confinamentos venha acelerar a falência de muitas empresas prevêndo-se um aumento do desemprego para este ano.