Última hora
This content is not available in your region

Biden sublinha vitória da democracia e promete justiça para todos

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Biden sublinha vitória da democracia e promete justiça para todos
Direitos de autor  Patrick Semansky/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Numa cerimónia mais discreta por razões de saúde e segurança, Joe Biden prestou juramento perante o presidente do Supremo Tribunal, em Washington.

No discurso para um país devastado pela pandemia e abalado pelo recente ataque ao Capitólio, o democrata de 78 anos sublinhou a vitória da democracia e prometeu justiça para todos.

“Hoje celebramos o triunfo não de um candidato, mas de uma causa. A causa da democracia. Poucas pessoas na história das nossas nações foram mais desafiadas e encontraram um momento mais desafiante ou difícil do que o tempo em que nos encontramos agora”, afirmou o presidente. Joe Biden lembrou o vírus que “persegue silenciosamente o país e ceifou tantas vidas num ano como as que a América perdeu em toda a Segunda Guerra Mundial”. O presidente dos Estados Unidos sublinhou também o “grito por justiça racial com cerca de quatrocentos anos de existência”, garantindo que o “sonho de justiça para todos não será mais adiado”.

Antes de Joe Biden, Kamala Harris prestou juramento enquanto primeira mulher e afro-americana vice-presidente dos Estados Unidos. A ex-senador da Califórnia foi investida por Sonia Sotomayor, a primeira latina a ocupar um lugar no Supremo Tribunal norte-americano.