Tráfego de mercadorias entre França e Irlanda triplica

Porto de Cherbourg, França
Porto de Cherbourg, França Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Nara Madeira com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Brexit reabre caminho ao comércio marítimo. Ligações entre Irlanda e França ganham um novo impulso.

PUBLICIDADE

Enquanto o tráfego de mercadorias entre Reino Unido e União Europeia começa a diminuir, menos 38% em janeiro, as ligações entre França e República da Irlanda ganham um novo impulso. 

O tempo de viagem é, substancialmente, maior mas o que se perde nos trajetos ganhasse porque se evitam as formalidades alfandegárias. O transporte de mercadorias entre os portos de Cherbourg e Rosslare triplicou desde o início do ano.

Ole Bockmann, diretor da Irish Ferry, explica que "a__ntes havia três ligações por semana, a partir de 1 de Janeiro passou a ser dia sim, dia não, e agora, desde o fim de semana, há todos os dias".

Até ao Brexit 150 mil camiões transportaram, por estradas de Inglaterra, três milhões de toneladas de carga, por ano, agora volta a privilegiar-se as ligações marítimas.

Yannick Millet, diretor de operações do porto francês de Cherbourg adianta que começaram _"_com cerca de 9.000 reboques em janeiro, contra 3.000 no mesmo período do ano passado, pelo que podemos dizer, claramente, que a atividade de carga para a Irlanda triplicou".

Encontram-se soluções, encorajadas pelas autoridades irlandesas, para evitar possíveis constrangimentos. Resta saber se o Reino Unido encontrará, também ele, formas de acelerar as formalidades alfandegárias para recuperar as rotas perdidas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Eurodeputados adiam ratificação do acordo pós-Brexit

Sunak anuncia: voos de deportação do Reino Unido para o Ruanda devem começar dentro de poucos meses

Cozinhou, arrumou e até entregou refeições: príncipe William voltou aos compromissos públicos