Última hora
This content is not available in your region

Transporte de mercadorias comprometido em Tirol

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Transporte de mercadorias comprometido em Tirol
Direitos de autor  Grafica Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O transporte de mercadorias está parcialmente bloqueado numa das principais rotas da Europa. No domingo, a Alemanha fechou a fronteira com a província austríaca de Tirol, abrindo algumas exceções para camionistas e trabalhadores essenciais.Muitas pessoas vêm a entrada na Alemanha negada e na fronteira de Kufstein a polícia verifica todos os automóveis.

Os camionistas podem atravessar a fronteira, mas apenas apresentando um teste negativo com menos de 48 horas. É possível fazer o teste diretamente na fronteira. Numa rota muito movimentada, agora os camionistas têm de apresentar um teste negativo à Covid-19 duas vezes: no Passo do Brennero, na fronteira italiana, e em Kufstein.

O líder da Liga, Matteo Salvini, criticou duramente os controlos da fronteira austríaca que provocaram atrasos e engarrafamentos. "Os nossos camionistas merecem regras claras, respeito e igualdade de condições", disse Salvini nas redes sociais, criticando os "vergonhosos engarrafamentos de quilómetros no Passo do Brennero.

Reina a desilusão em Tirol. Os controlos estão cada vez mais rígidos e algumas estâncias de esqui estão a encerrar novamente. No entanto, as autoridades locais desdramatizam a situação.

Os casos suspeitos da mutação da variante sul-africana estão a diminuir, infelizmente ainda há alguns, mas estão a diminuir. Em todo caso, aconselho todos os camionistas - até porque estão a surgir novas variantes do vírus - a levarem sempre consigo um teste negativo à Covid-19 - que nalguns casos já pode ser feito em pontos específicos nas auto-estradas.
Ingrid Felipe
Vice-Governadora de Tirol