Última hora
This content is not available in your region

Aprovado novo governo kosovar

euronews_icons_loading
Aprovado novo governo kosovar
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Esquerda volta a liderar o Kosovo. Nove meses depois da queda do seu governo, Albin Kurti é de novo primeiro-ministro. O executivo de Pristina foi esta segunda-feira aprovado no parlamento, com uma maioria de 67 votos, mas sem o apoio da minoria sérvia.

A revitalização da economia, incluindo o combate ao desemprego e à corrupção, e a gestão da pandemia são principais desafios.

"A minha prioridade é a normalização do Kosovo, através do desenvolvimento e democratização e com justiça. Que a Sérvia também se normalize, enfrendando o passado, rumo à democratização," declarou Albin Kurti.

As negociações para restabelecer os laços entre o Kosovo e a vizinha Sérvia estagnaram no ano passado. O assunto não faz parte das prioridades de Kurti, apesar da pressão internacional.

A maioria das nações ocidentais reconheceu a soberania do Kosovo, mas a Sérvia e os seus aliados, Rússia e China, não. As tensões entre Belgrado e Pristina continuam a ser uma fonte de volatilidade nos Balcãs.

Para o novo primeiro-ministro kosovar, encontrar as mais de 1600 pessoas que continuam desaparecidas depois da guerra é um ponto de honra antes de quaisquer conversações.

Este é o terceiro governo kosovar desde o início da pandemia. Kurti comprometeu-se a assegurar vacinas para 60% da população ainda este ano. O Kosovo é o único país europeu que ainda não começou a campanha de vacinação contra a Covid-19.