EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Papa Francisco pede esperança durante celebrações da Páscoa

Papa Francisco pede esperança durante celebrações da Páscoa
Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Vigília Pascal na Basílica de São Pedro adapta-se às regras da pandemia.

PUBLICIDADE

O Papa Francisco apelou à esperança, apesar dos meses sombrios de pandemia que se avizinham. Uma mensagem transmitida aos fiéis na celebração da Vigília Pascal, neste sábado, na Basílica de São Pedro.

Uma celebração reduzida devido às medidas restritivas. Apenas 200 pessoas com máscara puderam comparecer na cerimónia religiosa, que começou cedo para respeitar o recolher obrigatório às 22h, em Itália. Tudo começou da maneira tradicional, com o Papa a acender uma única vela na basílica escura e a partilhar essa chama até que a basílica ficasse iluminada.

Dezenas de clérigos e fiéis cristãos reuniram-se na manhã de sábado na Igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém, para a Vigília Pascal. A Igreja foi construída no local onde os cristãos acreditam que Jesus foi crucificado e terá ressuscitado. Um celebração com menos restrições do que na Basílica de São Pedro, mas com um número reduzido de presenças.

Vigília de Páscoa também na capital síria. Os cristãos compareceram às orações na Igreja de Nossa Senhora de Damasco, mas a pandemia é uma ameaça ainda sem controlo. O governo registou 19 mil casos de Covid-19, nos dois terços do país controlados pelo Governo. Mas o número real será provavelmente muito maior, considerando os testes limitados e a prevalência de casos assintomáticos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Papa celebrou a Missa do Domingo de Páscoa

Itália: comunidade LGBTQIA+ contra posição do Vaticano sobre mudança de sexo e barriga de aluguer

Páscoa: Papa Francisco pediu troca de prisioneiros entre Moscovo e Kiev e cessar-fogo em Gaza