Incêndios florestais não poupam Mediterrâneo

Incêndios florestais não poupam Mediterrâneo
Direitos de autor Fateh Guidoum/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Rasto de destruição na Argélia, Itália, Grécia e Turquia.

PUBLICIDADE

Os incêndios florestais também não poupam o Mediterrâneo. Na Argélia, 65 pessoas morreram até agora devido aos fogos, 28 eram bombeiros que perderam a vida a salvar civis das chamas.

Na Sicília meios aéreos juntaram-se ao combate no terreno. Foi declarado estado de emergência na ilha nos próximos seis meses devido aos graves incêndios. Itália foi dominada por uma onda de calor, que criou condições para incêndios florestais em todo no sul do país.

Na Grécia a luta contra as chamas continua. O rasto de destruição é visível na região de Gortynia, no Peloponeso - atingida por fortes ventos. Mas a situação mais crítica é na ilha de Eubeia. Milhares de pessoas foram deslocadas para locais seguros, deixando para trás casas destruídas.

Cenário idêntico no sul da Turquia. Várias aldeias foram evacuadas numa altura em que os ventos empurravam perigosamente as chamas. O incêndio ainda está ativo. Fogo no sul da Turquia e cheias a norte. As enchentes obrigaram mesmo à evacuação de uma hospital como medida de segurança.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Incêndios florestais continuam a dar luta na Patagónia argentina

Frio dá lugar ao fogo na Sibéria

Fogos na Argélia levam à morte de 65 pessoas