Última hora
This content is not available in your region

Puigdemont apresenta-se em tribunal italiano

Access to the comments Comentários
De  Euronews com Lusa
euronews_icons_loading
Puigdemont apresenta-se em tribunal italiano
Direitos de autor  Francesca Salaris/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Carles Puigdemont apresentou-se esta segunda-feira no Tribunal de Apelação de Sassari, na Sardenha. O juiz do tribunal italiano vai decidir se o líder separatista catalão é ou não extraditado para Espanha.

Puigdemont chegou às 10:55, horário local, e não fez declarações aos jornalistas, enquanto um grupo de independentistas locais agitavam bandeiras da Sardenha e da Catalunha e gritavam "liberdade".

Para acompanhar o dirigente catalão, deslocaram-se à ilha italiana os ex-membros do governo catalão e eurodeputados Toni Comín e Clara Ponsatí, também procurados pela Justiça espanhola e sobre os quais pesam mandados europeus de detenção a pedido do Supremo Tribunal espanhol.

Puigdemont, também eleito eurodeputado mas a quem foi retirada a imunidade parlamentar, foi detido no dia 23 de setembro - devido a um mandado europeu de detenção pedido pelo Supremo Tribunal de Justiça espanhol - à sua chegada ao aeroporto de Alghero, na ilha italiana, para onde tinha viajado de Bruxelas para participar num festival de folclore catalão.

Carles Puigdemont foi levado para a prisão de alta segurança de Sassari, onde permaneceu menos de um dia, até que o Tribunal de Recurso de Sassari o autorizou a sair temporariamente sem medidas cautelares ou restrições à mobilidade.