Última hora
This content is not available in your region

França faz ultimato ao Reino Unido

Access to the comments Comentários
De  Euronews com AFP
euronews_icons_loading
França faz ultimato ao Reino Unido
Direitos de autor  Michel Spingler/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Continua o braço de ferro entre França e o Reino Unido por causa das licenças de pesca nas águas britânicas estabelecidas no acordo do Brexit.

Se Londres não conceder mais licenças aos pescadores franceses, Paris anunciará medidas de retaliação nacionais ou europeias no prazo de oito dias.

Depois dos alertas do Secretário de Estado francês para os Assuntos Europeus, Clément Beaune, a garantia foi dada pelo porta-voz do governo de França. Gabriel Attal disse que “a linha que está a ser seguida pelas autoridades britânicas é inadmissível e inaceitável porque não respeita o acordo que foi assinado no contexto do Brexit”.

Na semana passada, França voltou a ameaçar o Reino Unido com um corte no fornecimento de energia em Jersey, a ilha britânica no Canal da Mancha. Funcionários e pescadores franceses manifestaram-se na praia de Armanville, o local de onde sai um cabo de 90 mil volts para abastecer Jersey de eletricidade. A mensagem foi clara: se a solidariedade energética é respeitada, a solidariedade entre os pescadores também deve ser.

Onze países, incluindo a França, que apelaram a uma frente europeia contra Londres após as decisões do Reino Unido sobre licenças de pesca, assinaram na segunda-feira uma declaração conjunta criticando as respostas do Reino Unido a esta questão.

Além da França, Bélgica, Chipre, Alemanha, Grécia, Irlanda, Itália, Holanda, Portugal, Espanha e Suécia assinaram a declaração.