euronews_icons_loading
A "morte" do Mar Morto

No apogeu das termas de Ein Gedi, nos anos 60, os turistas podiam relaxar em piscinas aquecidas e depois escorregar para o Mar Morto salgado. Agora a mesma praia de Israel é perfurada por crateras.

Nos últimos 60 anos, o Mar Morto perdeu um terço da sua superfície. A água azul recua cerca de um metro todos os anos, deixando para trás uma paisagem lunar branqueada pelo sal e perfurada com buracos.