EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Destruição e caos em Guadalupe contra restrições sanitárias

Barricada montada por sindicalistas da UGTG
Barricada montada por sindicalistas da UGTG Direitos de autor CARLA BERNHARDT/AFP
Direitos de autor CARLA BERNHARDT/AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Governo francês enviou mais de 2 mil polícias para as ilhas.

PUBLICIDADE

Não foi o recolher obrigatório às 6 da tarde a impedir que o caos se instalasse em vários pontos de Guadalupe, as ilhas caribenhas que pertencem ao território francês. Os protestos contra as restrições sanitárias degeneraram em destruição de lojas e serviços, assim como pilhagens.

O governo francês reuniu de emergência. O ministro do Interior, Gerald Darmanin, veio anunciar o envio de mais de 2.200 polícias para o território, entre os quais se incluem cinco dezenas de agentes das forças especiais, bem como o reforço de meios aéreos para, salienta o governante, "restabelecer a ordem".

JULIEN DE ROSA/AFP
Ministro do Interior francês durante a reunião de emergência do governoJULIEN DE ROSA/AFP

Há vários dias que os ânimos se têm vindo a inflamar aqui contra o passe sanitário e a obrigatoriedade da vacinação anticovid para todos os trabalhadores do setor da Saúde. 

Uma loja de armas de fogo foi assaltada e teme-se agora que estas sejam usadas contra as forças policiais, como aliás já terá sucedido em algumas áreas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Protestos contra novas restrições aumentam na Europa

Macron desloca-se à Nova Caledónia para tentar pôr termo à violência no arquipélago

Polícia francesa mata homem que tentava incendiar sinagoga em Rouen