This content is not available in your region

Destruição e caos em Guadalupe contra restrições sanitárias

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Barricada montada por sindicalistas da UGTG
Barricada montada por sindicalistas da UGTG   -   Direitos de autor  CARLA BERNHARDT/AFP

Não foi o recolher obrigatório às 6 da tarde a impedir que o caos se instalasse em vários pontos de Guadalupe, as ilhas caribenhas que pertencem ao território francês. Os protestos contra as restrições sanitárias degeneraram em destruição de lojas e serviços, assim como pilhagens.

O governo francês reuniu de emergência. O ministro do Interior, Gerald Darmanin, veio anunciar o envio de mais de 2.200 polícias para o território, entre os quais se incluem cinco dezenas de agentes das forças especiais, bem como o reforço de meios aéreos para, salienta o governante, "restabelecer a ordem".

JULIEN DE ROSA/AFP
Ministro do Interior francês durante a reunião de emergência do governoJULIEN DE ROSA/AFP

Há vários dias que os ânimos se têm vindo a inflamar aqui contra o passe sanitário e a obrigatoriedade da vacinação anticovid para todos os trabalhadores do setor da Saúde.

Uma loja de armas de fogo foi assaltada e teme-se agora que estas sejam usadas contra as forças policiais, como aliás já terá sucedido em algumas áreas.