This content is not available in your region

Comprimido anti-Covid-19 disponível em Itália

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Comprimido anti-Covid-19 disponível em Itália
Direitos de autor  AFP

O novo medicamento anti-Covid-19 da farmacêutica Merck está disponível em Itália a partir desta quarta-feira. Foi aprovado pela Agência Italiana de Medicamentos a 22 de Dezembro, mas a sua utilização está limitada a casos de emergência. O Molnupiravir é um comprimido vermelho que pode ser tomado em casa. Segundo os testes, o antiviral ajuda a prevenir casos graves e internamentos hospitalares em 30% quando tomado no espaço de cinco dias após os primeiros sintomas - caso contrário não será eficaz.

No estudo, o medicamento demonstrou ser eficaz na redução do risco de hospitalização ou morte em cerca de 30% (em pessoas com factores de risco). É importante sublinhar que este fármaco é uma arma adicional, mas a vacina continua a ser o principal instrumento para proteger todos os indivíduos.
Patrizia Popol
chefe da Comissão técnico-científica da AIFA (Agência Italiana de Medicamentos)

Trata-se do primeiro medicamento desenvolvido especificamente para a Covid-19 e é necessário tomar duas cápsulas durante 5 dias, mas não é recomendado em certos casos como, por exemplo, em mulheres grávidas. Após o entusiasmo inicial, França, por exemplo, desistiu da encomenda do fármaco devido à percentagem de eficácia. Para além do comprimido da Merck, existe também o antiviral da Pfizer que chega a Itália no final de Janeiro.