This content is not available in your region

Cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim

Access to the comments Comentários
De  Patricia Tavares
euronews_icons_loading
Cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim
Direitos de autor  Kovács Tamás/MTVA - Médiaszolgáltatás-támogató és Vagyonkezelõ Alap

Início dos Jogos Olímpicos envolto numa bolha sanitária e numa bolha de polémica. O estádio da capital chinesa iluminou-se para a cerimónia de abertura foi quase tímida em comparação com a grandiosidade da cerimónia de 2008.

Este ano, 3 mil artistas estiveram em cena - três vezes menos do que há 14 anos, nos Jogos de Verão de Pequim, em recintos com capacidade reduzida devido às medidas relacionadas com a Covid-19 e entre boicotes como sinal de apoio à minoria uigure.

Em plena crise na crise na fronteira russo-ucraniana, Vladimir Putin viajou até à China e esteve presente no estádio para testemunhar a abertura dos Jogos. No meio de tanto aparato, aproximadamente 2.900 atletas sonham com o ouro olímpico até ao dia 20 de fevereiro.