This content is not available in your region

Milhares de pessoas protestam na Argentina contra acordo para pagamento ao FMI

Access to the comments Comentários
De  Fátima Valente  & AFP
euronews_icons_loading
Milhares de pessoas protestam na Argentina contra acordo para pagamento ao FMI
Direitos de autor  Rodrigo Abd/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.

Milhares de pessoas manifestaram-se em Buenos Aires em protesto contra o acordo para o pagamento pelo Governo ao Fundo Monetário Internacional (FMI) de 370 milhões de dólares (331 milhoes de euros)  de juros sobre uma dívida de 44 mil milhões de dólares (39 mil milhões de euros).

Os manifestantes percorreram a capital argentina com cartazes e palavras de ordem a protestar que o país não pode pagar, e alertando que os pobres é que vão sofrer, com cortes nas pensões, nos empregos e nos apoios sociais.

No início deste mês, o Presidente Alberto Fernández, do centro-esquerda, disse que o acordo não vai condicionar as políticas económicas da Argentina e não exigirá um corte abrupto na despesa pública. 

O acordo alcançado entre o Governo e o Fundo Monetário Internacional em Janeiro ainda carece de aprovação no Congresso argentino e no próprio FMI.