EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Covid-19: Xangai vive a pior vaga desde o início da pandemia

Covid-19 em Xangai, China
Covid-19 em Xangai, China Direitos de autor Chen Jianli/Xinhua
Direitos de autor Chen Jianli/Xinhua
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Xangai, a cidade mais rica da China, enfrenta a pior vaga de infeções por Sars-CoV2 desde o início da pandemia. Há 26 milhões de pessoas de quarentena

PUBLICIDADE

Xangai continua a lutar com o pior surto de Covid-19 desde o início da pandemia. 

Na terça-feira, a cidade registou mais de 26.000 novos casos, embora apenas 1.189 fossem de pessoas com sintomas. Os testes em massa revelam uma multidão de casos assintomáticos.

As restrições na cidade mais rica da China e lar de 26 milhões de pessoas, começaram oficialmente a 28 de março, embora nessa altura já existissem edifícios residenciais completamente isolados há semanas.

Para além dos médicos e dos trabalhadores do setor da saúde, a população também está cansada da pandemia. Muitos relatam escassez de alimentos ou medo de serem colocados em centros de isolamento, onde é notória a ausência de higiene.

As autoridades estão a tentar a todo o custo evitar que o surto afete muitas pessoas com mais de 60 anos, que não tenham recebido a terceira dose da vacina

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Hamas e Fatah assinam acordo de "unidade nacional" em Pequim

Democratas pressionam Joe Biden para reavaliar candidatura às presidenciais

Biden infetado com covid-19 suspende ações de campanha