This content is not available in your region

Brasil e Portugal juntos no bicentenário da independência

Access to the comments Comentários
De  João Peseiro Monteiro
euronews_icons_loading
Exibição da Esquadrilha da Fumaça no Dia da Independência, 2016
Exibição da Esquadrilha da Fumaça no Dia da Independência, 2016   -   Direitos de autor  Eraldo Peres/Copyright 2016 The Associated Press. All rights reserved.

O Brasil celebra em setembro o bicentenário do grito do Ipiranga, com o qual D. Pedro IV declarou a independência.

Portugal vai participar ao mais alto nível nestas comemorações e razões não faltam, como referiu Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados do Brasil, ao receber o presidente da Assembleia da República Portuguesa, Augusto Santos Silva, em Brasília.

As duas pátrias, os dois países são irmãos. Nenhuma animosidade desde a sua independência que foi feita por um português
Arthur Lira
Presidente da Cãmara dos Deputados do Brasil

O presidente da Assembleia da República aceitou o convite para estar no Brasil no dia 7 de Setembro e sublinhou uma particularidade deste bicentenário.

Não conheço outro caso de um país que esteja a celebrar a sua independência, convidando formalmente para se associar à celebração dessa independência o país de que se tornou independente
Augusto Santos Silva
Presidente da Assembleia da República Portuguesa

O presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, também já confirmou a presença nestas comemorações que se querem singulares.

Por exemplo, as autoridades brasileiras gostariam de levar temporariamente o coração de D. Pedro, que se encontra em Portugal, até ao país onde o corpo do monarca está sepultado. Um desejo que está a atualmente a ser analisado.