EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Infeções aumentam na Coreia do Norte

Líder norte-coreano Kim Jong Un
Líder norte-coreano Kim Jong Un Direitos de autor -/MTI/MTVA
Direitos de autor -/MTI/MTVA
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Autoridades de saúde falam num surto de febre não identificada; a população estimada em 26 milhões de pessoas não está vacinada

PUBLICIDADE

Autoridades na Coreia do Norte anunciaram este sábado terem identificado quase 220 mil novos casos de pessoas com sintomas febris. Trata-se do quinto dia consecutivo de aumento do número de infeções.

De acordo com as autoridades, 2,4 milhões de pessoas estariam doentes com o que o governo designa como febre não identificada. 

Apenas um número muito reduzido de casos é atribuído à Covid-19 em parte devido à falta de materiais de teste. Ainda segundo os números oficiais, apenas 66 teriam morrido em resultado dos sintomas febris.

Os peritos contudo questionam os números afirmando que a verdadeira escala de infeções deve ser muito mais elevada numa população estimada em 26 milhões e que não se encontra vacinada.

O sistema público de saúde da Coreia do Norte é considerado como um dos piores do mundo.

Durante um encontro do comité político, o presidente Kim Jong Un insistiu em como o surto atualmente em curso estaria a começar a ser controlado no país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Surto de Covid na Coreia do Norte preocupa comunidade científica

Coreia do Norte enfrenta surto de covid-19

Coreia do Norte regista seis mortos por Covid-19