Polícia Judiciária apreende 1,4 toneladas de cocaína num veleiro

Polícia Judiciária contou com a colaboração da Marinha e da Força Aérea
Polícia Judiciária contou com a colaboração da Marinha e da Força Aérea Direitos de autor RTP
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A embarcação de recreio, com duas pessoas a bordo, dirigia-se da América Latina para Portugal. A droga deveria entrar no mercado europeu.

PUBLICIDADE

O que à primeira vista poderia parecer apenas uma aventura a bordo de um veleiro, que atravessou o Atlântico com duas pessoas a bordo, entre um país da América Latina e Portugal, depressa se revelou ser aquilo que a Polícia Judiciária suspeitava: Um transporte de droga. A PJ apreendeu quase tonelada e meia de cocaína e deteve os dois homens.

Artur Vaz, diretor da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes (UNCTE) da Polícia Judiciária, explicou que os dois detidos são homens na casa dos 50 anos com muita experiência de navegação neste tipo de barcos. A droga deveria entrar por Portugal no mercado europeu. 

Este foi um trabalho conjunto da Polícia Judiciária, da Marinha e da Força Aérea, que fez um voo de reconhecimento de dez horas e transmitiu as coordenadas que permitiram o sucesso da operação. As polícias do Reino Unido e EUA também colaboraram.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Detidos cinco homens em apreensão de droga na Sérvia

Colômbia captura traficante de droga mais procurado do país

"Operação Maestro": O que sabemos até agora sobre o novo caso de corrupção em Portugal