This content is not available in your region

Kiev diz que russos já controlam 20% do país

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Soldado ucraniano na região de Donetsk
Soldado ucraniano na região de Donetsk   -   Direitos de autor  Bernat Armangue/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

Os soldados ucranianos tentam como podem manter as posições no leste do país, enquanto esperam a chegada das armas ocidentais de maior alcance e precisão que, esperam, permitirão inverter a relação de forças na frente de combate.

Na véspera do centésimo dia da invasão, Kiev afirmou que a guerra já permitiu à Rússia assumir o controlo de cerca de um quinto do território ucraniano.

Na província oriental de Lugansk, as forças ucranianas já só detêm 5% do território e a capital administrativa, Severodonetsk está atualmente "ocupada a 80%" pelas tropas russas.

Com os esforços concentrados no leste, a tática de "rolo compressor" aplicada pela Rússia parece estar a dar frutos.

Na conferência quotidiana, o porta-voz do Ministério da Defesa russo afirmou que mísseis e artilharia atingiram 131 postos de comando ucranianos na quarta-feira.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, reconheceu estar a perder entre 60 e 100 soldados diariamente e que outros 500 resultam feridos.

No sul do país, os ucranianos temem que Moscovo decrete em breve a anexação dos territórios conquistados, à semelhança do que fez com a Crimeia em 2014.