Polícia brasileira continua buscas para encontrar jornalista britânico

Buscas para encontrar dois desaparecidos em Atalaia do Norte
Buscas para encontrar dois desaparecidos em Atalaia do Norte Direitos de autor Edmar Barros/Copyright 2022 The Associated Press
De  Nara Madeira com AP, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Polícia brasileira encontrou restos mortais mas não é certo que sejam do jornalista britânico Dom Phillips e do especialista indígena Bruno Pereira.

PUBLICIDADE

A polícia brasileira encontrou restos mortais mas não é certo que sejam os do jornalista britânico Dom Phillips e do especialista indígena Bruno Pereira que estão desaparecidos.

Foi encontrada "matéria orgânica", num rio perto da cidade de Atalaia do Norte, na floresta amazónica. Cabe agora aos peritos analisar e encontrar uma resposta. Uma tragédia que acontece numa pequena aldeia piscatória.

Denis Paiva, o presidente da câmara de Atalaia do Norte explicava que a sua pequena localidade é pacata, que ali não "há aqui qualquer história de violência. É um município onde a maioria das pessoas, 80% sobrevive através de atividades de pesca", esclarecia.

O britânico, de 57 anos e o brasileiro, de 41, desapareceram, há uma semana, quando regressavam, de barco, de uma reportagem. Junto da embarcação foi encontrado sangue de um pescador que foi detido.

As autoridades dizem que a pesca ilegal perto da Terra Indígena do Vale do Javari, onde se deu o desaparecimento, pode ter criado tensões com os grupos indígenas locais.

Grupos indígenas garantiam que os dois tinham recebido ameaças devido ao trabalho que estavam a fazer ligado à pesca ilegal, abate de árvores, exploração mineira e tráfico de droga.

Editor de vídeo • Nara Madeira

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Incerteza sobre paradeiro de Dom Phillips permanece

Festa Cavalhada vivida com emoção no Brasil

Fogos na Amazónia tornam Manaus irrespirável