EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Tropas russas libertaram a paramédica ucraniana Yuliia Paievska

Paramédica ucraniana Yuliia Paievska
Paramédica ucraniana Yuliia Paievska Direitos de autor AP/Invictus Games Team Ukraine
Direitos de autor AP/Invictus Games Team Ukraine
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

"Tayra", capturada a 16 de março, está em casa anuncia Zelenskyy.

PUBLICIDADE

Depois de quase uma semana em cativeiro, as tropas russas libertaram a paramédica ucraniana Yuliia Paievska, conhecida como "Tayra". Ficou conhecida por gravar seu trabalho em Mariupol durante o cerco russo. O presidente da Ucrânia, deu a notícia

Zelenskyy disse que podia finalmente fazer o anúncio da libertação da paramédica ucraniana Yulia Payevska, do cativeiro. Dizendo-se grato a todos os que trabalharam para este resultado e que vão "continuar a trabalhar para libertar toda a gente".

A paramédica também publicou um vídeo agradecendo ao presidente, Volodymyr Zelenskyy, pela sua libertação e por organizar a troca. Dizendo que sempre acreditou e que todos que estão agora do outro lado sabem que tudo será resolvido", disse.

Para libertar Paievska, a Rússia e a Ucrânia realizaram uma troca de prisioneiros. Segundo os serviços de inteligência do Ministério da Defesa ucraniano, cinco cidadãos ucranianos capturados foram devolvidos à Ucrânia a 18 de junho em troca de outros cinco cidadãos russos capturados.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pelo menos cinco mortos e oito feridos após ataque com míssil em Kharkiv

Soldados russos continuam a campanha de coação de votos em Mariupol

Na "fábrica de sobrevivência" de Dnipro: o dia a dia no hospital Mechnikov