EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Ex-chefe da polícia de Uvalde demite-se de cargo no município

Chefe da polícia demite-se após massacre de Uvalde
Chefe da polícia demite-se após massacre de Uvalde Direitos de autor frame
Direitos de autor frame
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pedro Arredondo tem sido criticado por ter demorado a dar resposta no caso do massacre de Uvalde, que provocou a morte de 19 crianças.

PUBLICIDADE

Nos Estados Unidos da América, o ex-chefe da polícia do distrito escolar de Uvalde, no Estado do Texas, Pedro Arredondo renunciou ao cargo que tinha no município, após ter recebido inúmeras críticas por ter demorado a dar uma resposta eficiente no caso do tiroteio que tirou a vida a 19 crianças e dois professores na Escola Primária Robb.

O chefe da polícia tinha assumido esta função na Câmara Municipal de Uvalde, uma semana após o massacre.

Recorde-se que Arredondo já tinha sido afastado do cargo de chefe da polícia a 22 de Junho, embora não se tenha demitido oficialmente e ainda possua o título.

O diretor do Departamento de Segurança Pública do Texas, Steven McCraw, disse, esta semana, perante uma comissão do Senado do Texas, que o chefe da polícia tinha tomado “decisões terríveis”, enquanto Salvador Ramos, de 18 anos, levava a cabo o ataque. A polícia demorou largos minutos a agir e o governo dos EUA está a investigar a atuação das autoridades durante o massacre.

O ataque de Uvalde é o segundo tiroteio escolar mais mortífero da última década.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Uvalde chora as vítimas do tiroteio na escola primária

Houthis reivindicam ataques a contratorpedeiro dos EUA e a dois navios petroleiros

Análise: navios russos enviados para Cuba são uma "demonstração de força" de Putin