EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Vírus da poliomielite detetado nas águas residuais de Londres e Nova Iorque

Criança é vacinada contra a Poliomielite.
Criança é vacinada contra a Poliomielite. Direitos de autor Muhammad Sajjad/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Muhammad Sajjad/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Vírus da poliomielite foi detetado nas águas residuais de Nova Iorque e Londres, o que sugere que possa haver "transmissão local".

PUBLICIDADE

O vírus da poliomielite foi detetado nas águas residuais da cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos da América. Este sinal sugere que existe “transmissão local do vírus”, de acordo com informações avançadas pelas autoridades, este sábado. 

Esta confirmação surge menos de um mês após o país ter reportado o primeiro caso da doença em quase uma década. Perante este cenário, as autoridades já advertiram a população a vacinar-se, especialmente as crianças, que são o grupo mais afetado pela doença.

"O risco para os nova-iorquinos é real, mas a defesa é tão simples - vacine-se contra a Poliomielite", disse Ashwin Vasan, comissário de saúde da cidade de Nova Iorque, em comunicado.

Entretanto, Londres, capital do Reino Unido, também reportou evidências do vírus nos esgotos, no final de Junho, e as autoridades já lançaram uma campanha de reforço da vacinação para crianças com menos de 10 anos.

A poliomielite pode provocar paralisias graves ou até mesmo a morte. A vacina contra a doença começou a ser utilizada em 1955.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Portugal participa em rede de investigação global de vírus

Nova Iorque proibe armas na Times Square e em "locais sensíveis"

15 mortos em campanha para erradicar vírus da poliomielite