This content is not available in your region

Marina Silva declara apoio a Lula da Silva

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Marina Silva e Lula da Silva
Marina Silva e Lula da Silva   -   Direitos de autor  Andre Penner/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

No Brasil, Lula da Silva, antigo chefe de Estado e atual candidato à presidência, recebeu um apoio de peso, a poucos dias da primeira volta das eleições presidenciais. 

Trata-se de Marina Silva, antiga ministra do Ambiente, que se incompatibilizou politicamente com Lula anos antes. Os dois estiveram afastados mais de uma década, no entanto, a ambientalista defendeu agora a necessidade de uma unidade para combater aquilo a que chama “semente maléfica do Bolsonarismo”, que, segundo reiterou, ameaça a democracia brasileira.

"Compreendo que neste momento crucial da nossa história quem reúne as maiores e melhores condições para derrotar Bolsonaro e a semente maléfica do bolsonarismo, que se está a implementar no seio da nossa sociedade, agredindo irmãos brasileiros, ceifando a vida de pessoas por pensarem diferentes, é a sua candidatura", acrescentou aquela que foi também já três vezes candidata à presidência.

No encontro que teve lugar, esta segunda-feira, em São Paulo, Marina Silva destacou a importância do país se tornar "protagonista internacional" no que diz respeito às questões climáticas. A ambientalista, recorde-se, é uma acérrima defensora da preservação da Amazónia

As eleições presidenciais acontecem a 02 e 30 de Outubro. Os dois candidatos principais são Lula da Silva, candidato de esquerda, e Jair Bolsonaro, da extrema-direita. As sondagens apontam para a vitória do antigo chefe de Estado, Luiz Inácio Lula da Silva, neste escrutínio.