This content is not available in your region

Grand Slam de Baku: um dia de ouro para o Azerbaijão

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Saeid Mollaei sagrou-se campeão em -81kg.
Saeid Mollaei sagrou-se campeão em -81kg.   -   Direitos de autor  Gabriela Sabau/FIJ   -  

Segunda jornada do Grand Slam de Baku, um dia inesquecível para o Azerbaijão e para os muitos adeptos que acorreram ao famoso estádio Heydar Aliyev.

Na final de -63kg, Inbal Shemesh esteve imparável. A judoca do Israel prevaleceu com um contra-ataque inteligente sobre a neerlandesa Geke Van Den Berg, conquistando o seu segundo título do ano num Grand Slam.

O presidente da Federação Internacional de Judo (FIJ), Marius Vizer, apresentou as medalhas.

Fico sempre emocionada. Gosto realmente muito do que eu faço, e quando corre tudo bem não consigo conter a emoção. Estou muito contente.
Inbal Shemesh

O herói a competir em casa Hidayat Heydarov avançou sem problemas até à final de -73kg, onde prevaleceu sobre o canadiano Arthur Margelidon, graças à sua versatilidade e excecional nível técnico. Uma vitória que levou o público da casa ao rubro.

O judoca foi condecorado pelo presidente da Federação de Judo do Azerbaijão, Rashad Nabiyev.

Ganhei, mais uma vez, o Grand Slam de Baku e vencer em frente a um público como este é uma sensação indescritível.
Hidayat Heydarov

Em -70kg, a neerlandesa medalhista olímpica e mundial Sanne Van Dijke derrotou a belga Gabriella Willems, conquistando a sua terceira medalha de ouro num Grand Slam.

O diretor de Educação e Treinos da FIJ, Mohammed Meridja, condecorou a atleta.

Nos -81kg, o azeri medalhista olímpico de prata Saeid Mollaei conquistou a sua primeira medalha de ouro em três anos.

A nação anfitriã lidera agora a tabela de medalhas do torneio, com três medalhas de ouro.

As medalhas foram apresentadas pelo convidado da FIJ, Cornel Varvara.

A seleção portuguesa

Este sábado, Portugal não teve judocas em competição em Baku.

Na jornada inaugural de sexta-feira, a portuguesa Telma Monteiro conquistou a medalha de prata em -57kg, perdendo somente na final, frente à canadiana campeã mundial de 2019, Christa Deguchi, numa luta que ultrapassou os seis minutos.

Este domingo, último dia da prova, estarão em ação Patrícia Sampaio (-78 kg), Rochele Nunes (+78 kg), Anri Egutidze (-90 kg) e Jorge Fonseca (-100 kg).