This content is not available in your region

Grand Slam de Abu Dhabi: momentos grandes de judo e bronze para Rochele Nunes

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Rochele Nunes e a chinesa Shiyan Xu no combate pela medalha de bronze, em Abu Dhabi.
Rochele Nunes e a chinesa Shiyan Xu no combate pela medalha de bronze, em Abu Dhabi.   -   Direitos de autor  Gabriela Sabau - International Judo Federation   -  

Chegou ao fim este domingo o Grand Slam de Abu Dhabi, com a competição das categorias de pesos pesados.

A competir em +78kg, a portuguesa Rochele Nunes conquistou a medalha de bronze no Grand Slam, tendo vencido, por ippon, a chinesa Shiyan Xu, em pouco mais de um minuto.

Esta foi a segunda medalha para Portugal no torneio, depois da medalha de prata de Bárbara Timo no sábado.

A chinesa Xin Su sagrou-se campeã da categoria, superando, após duas pontuações waza-ari, a georgiana Sophio Somkhishvili.

A judocas foram condecoradas por Lisa Allan, membro do comissão executiva da Federação Internacional de Judo (FIJ).

As restantes categorias em prova

A China regressou em força este domingo, com Zhenzhao Ma a derrotar as judocas mais bem classificadas da categoria de -78kg. Na final, a chinesa triunfou, com um belo tani-otoshi, sobre a vencedora do Grand Slam de Abu Dhabi de 2017, Natalie Powell, da Grã-Bretanha. Este é o seu primeiro título num Grand Slam.

O tesoureiro-geral da Federação Internacional de Judo (FIJ) , Naser Al Tamimi, condecorou as judocas.

Depois do Mundial senti-me um pouco cansada, mas quando cheguei aqui a equipa e o meu treinador ajudaram-me muito e senti-me concentrada no tapete. Queria ganhar a medalha de ouro.
Zhenzhao Ma

Em -90kg, o georgiano número 4 do mundo Beka Gviniashvili teve um dia em grande. Na final, o judoca enfrentou o francês Loris Tassier, que alcançou pela primeira vez a final de um Grand Slam. O georgiano aproveitou o erro do adversário para imobilizá-lo, marcando waza-ari e conquistando a sua 27ª medalha no circuito mundial de judo.

O presidente da Federação de Luta Livre e de Judo dos Emirados Árabes Unidos, Mohammed Bin Thaaloob Al Derie, apresentou as medalhas.

Claro que estou muito feliz por mais uma medalha de ouro no Grand Slam e pelo meu desempenho em geral. Estava muito bem preparado para esta prova. Estou feliz por ter conquistado tantas medalhas no circuito mundial, mas espero que no futuro ganhe medalhas nos olímpicos e nos mundiais.
Beka Gviniashvili

Nos -100kg, o canadiano medalhista de prata Mundial Kyle Reyes lutou muito mas conseguiu vencer o experiente Nikoloz Sherazadishvili, conquistando a sua primeira medalha de ouro no circuito mundial de judo

O Diretor de Arbitragem da FIJ, Florin Daniel Lascau, apresentou as medalhas.

Nos pesos pesados masculinos, o checo campeão olímpico Lukas Krpalek lutou contra o neerlandês campeão europeu Jur Spijkers. Após uma rápida transição da luta para o tapete, o checo conseguiu imobilizar o adversário, conquistando a sua terceira medalha de ouro no Grand Slam.

Os judocas foram condecorados pelo presidente da Federação de Judo do Tajiquistão, Nurullo Loiqov.

O atleta a competir em casa Dzhafar Kostoev levou o público ao rubro com momentos impressionantes de Judo. Um final feliz para mais um Grand Slam de Abu Dhabi.

O balanço da participação portuguesa

Para além da medalha de prata de Bárbara Timo e da medalha de bronze de Rochele Nunes em Abu Dhabi, destaca-se a participação de Catarina Costa (-48kg), que terminou em quinto lugar na jornada inaugural de sexta-feira. A atleta foi afastada no combate pela medalha de bronze frente à chinesa Zongying Guo.

A próxima prova do circuito mundial de judo será o Grand Slam de Baku, que terá lugar de 4 a 6 de Novembro, na capital do Azerbaijão.