Rússia pode estar a mudar o foco da invasão na Ucrânia para novas cidades

A jornalista Sasha Vakulina acompanha diariamente a evolução da invasão russa na Ucrânia
A jornalista Sasha Vakulina acompanha diariamente a evolução da invasão russa na Ucrânia Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Forças afetas ao Kremlin mantêm a estratégia dos ataques de longo alcance com drones e mísseis, enquanto no terreno parecem começar a desvalorizar Bakhmut

PUBLICIDADE

As forças russas lançaram um ataque aéreo sobre diversas cidades da Ucrânia com recurso a drones e mísseis, mostrando ser essa ainda a estratégia de ataque na invasão lançada há 13 meses.

Os ataques russos tiveram maior intensidade à entrada do último outono, tentando desgastar a resistência ucraniana para o inverno, mas a ofensiva parece uma vez mais estar a perder força, podendo, no entanto, ser apenas uma forma de racionalizar a artilharia de alta precisão.

O cerco a Bakhmut, na linha da frente da invasão russa na região de Donetsk, também parece estar a perder força, sugere o Instituto do Estudo da Guerra, sediado nos Estados Unidos da América, que admite uma mudança de cidades-alvo por parte das forças afetas ao Kremlin, também sugerida pelo Ministério da Defesa do Reino Unido.

A ofensiva russa em torno da cidade de Avdiivka parece estar, por outro lado, a intensificar-se, numa alteração a verificar nos próximos dias ou semanas se se confirma.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

ONU acusa russos e ucranianos de execuções sumárias

Rússia declara correspondente da BBC de “agente estrangeiro”

Um morto e doze feridos em ataque russo a Poltava na Ucrânia