Rishi Sunak diz que Reino Unido vai treinar pilotos ucranianos em breve

Zelenskyy está a fazer um périplo por vários países europeus
Zelenskyy está a fazer um périplo por vários países europeus Direitos de autor AP Photo
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O primeiro-ministro britânico anunciou que em breve o Reino Unido vai treinar os pilotos ucranianos.

PUBLICIDADE

O Reino Unido anunciou que vai iniciar o treino básico de pilotos ucranianos este verão, juntamente "com os esforços para trabalhar com outros países no fornecimento de F16 - os caças preferidos da Ucrânia".

"Não é uma coisa simples, como Volodymyr e eu discutimos, construir essa capacidade de aviões de combate. Não é apenas o fornecimento de aviões, é também a formação de pilotos e toda a logística para acompanhar isso. Agora, o Reino Unido pode desempenhar um grande papel nisso. O que faremos em breve será formar pilotos ucranianos”, disse o primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak. 

O Reino Unido recebeu a visita inesperada do presidente ucraniano. Volodymyr Zelenskyy chegou de helicóptero à casa de campo oficial do primeiro-ministro britânico. A visita faz parte do périplo europeu de Zelenskyy para obter mais armas para a contraofensiva ucraniana contra o exército russo.

A Itália prometeu apoio económico e militar, a Alemanha 2,7 mil milhões de euros em ajuda militar, a França dezenas de tanques e veículos blindados e o governo britânico prometeu entregar centenas de mísseis antiaéreos e drones de ataque à Ucrânia nas próximas semanas.

Entre os mísseis que a Ucrânia receberá estão os temidos Storm Shadow, os primeiros mísseis de longo alcance enviados por um governo ocidental.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Velha guarda do rock em peso na abertura da Gibson Garage

Notas com cara de Carlos III entram em circulação em junho

As Falklands pertencem ao Reino Unido? Nova sondagem revela que nem toda a gente na Europa está de acordo