Shamil Borchashvili vence em casa no GP da Alta Áustria

Shamil Borchashvili
Shamil Borchashvili Direitos de autor IJF official
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No dia em que Sabrina Filzmoser foi homenageada, o público teve a alegria de ver uma das medalhas de ouro ficar em casa.

PUBLICIDADE

O segundo dia do Grande Prémio da Alta Áustria teve grandes momentos de judo na TipsArena de Linz.

O evento foi também pretexto para um fim de carreira em grande para Sabrina Filzmoser. Uma multidão emocionada despediu-se dela quando recebeu o 6º dan e foi aplaudida de pé.

Filzmoser, uma verdadeira estrela do Judo austríaco, juntou-se então à sua equipa para um convívio com os jovens fãs que tinham vindo conhecer os ídolos do judo.

Os olhares voltaram-se depois todos para o tatami. O público não conseguiu conter o entusiasmo por mais um dia épico de judo.

-63 kg (Femininos)

Muito entusiasmo também de Momo Tatsukawa, vencedora numa final 100% japonesa contra Seiko Watanabe. O ministro dos Desportos da Alta Áustria, Markus Achleitner, entregou as medalhas.

-73 kg (Masculinos)

Tohar Butbul, de Israel, venceu uma final difícil, o primeiro ouro em 4 anos. As medalhas foram entregues pelo diretor desportivo da Federação Internacional de Judo, Vladimir Barta. 

-70 kg (Femininos)

María Pérez, de Porto Rico, teve o dia da sua vida, com um judo fantástico até à final.

Na final, enfrentou Kelly Petersen Pollard, da Grã-Bretanha, e Pérez fez história ao conquistar o primeiro ouro de sempre no circuito mundial de judo para o seu país. Um dia histórico que foi pretexto para muitos festejos.

A medalha foi entregue pelo Vice-Presidente da FIJ, Laszlo Toth.

Disse a judoca porto-riquenha: "Penso que o judo é um desporto muito, muito especial e gosto quando as pessoas gritam por nós, por diferentes países. Faz-me sentir como se estivesse em casa, faz-me sentir forte, faz-me sentir feliz, por isso, obrigada Áustria por este momento especial".

-81 kg (Masculinos)

Shamil Borchashvili defendeu a seleção da casa. E quando o combate contra Mikhailo Svidrak, da Ucrânia, terminou a seu favor, a TipsArena entrou em erupção. O público recebeu exactamente aquilo que procurava. Um ouro em casa. A forma perfeita de terminar o segundo dia do primeiro evento do circuito mundial na Áustria.

As medalhas foram entregues pelo Governador da Alta Áustria, Thomas Stelzer. 

"Competir aqui num Grande Prémio em casa, e ter agora a medalha de ouro, dá-me muito prazer. A minha família está aqui, os meus amigos estão aqui, a equipa da casa, todos os judocas, os futuros campeões também estão aqui. Ganhar à frente deles é inacreditável", disse o judoca austríaco.

Não foi só Borchashvili que esteve em forma. A equipa austríaca teve um grande desempenho para os fãs, dando-lhes ippons espetaculares e memórias inesquecíveis deste dia na bela Alta Áustria.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tajiquistão sai vitorioso no seu primeiro Grande Prémio de Judo

Ouro para a Hungria,Turquia, Chéquia, Brasil e Sérvia - a verdadeira universalidade do Judo

Budapeste a postos para o tiro de partida