EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Papa termina visita à Mongólia com inauguração da Casa da Misericórdia

O Papa Francisco durante a visita à Mongólia
O Papa Francisco durante a visita à Mongólia Direitos de autor Andrew Medichini/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Andrew Medichini/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No quarto e último dia da sua visita, Papa inaugurou centro de apoio a pessoas em situação vulnerável.

PUBLICIDADE

No último dia da visita à Mongólia, o Papa Francisco inaugurou a "Casa da Misericórdia", destinada a acolher temporariamente pessoas numa situação vulnerável. Uma estrutura que providencia comida, roupa, banhos e lavandaria. O pontífice garantiu que a iniciativa da Igreja Católica acontece por caridade e não com o objetivo de evangelizar.

"Não é necessário ser rico para fazer o bem. Pelo contrário, quase sempre são pessoas de recursos modestos que optam por dedicar o seu tempo, competências e generosidade a cuidar dos outros", realçou o Papa.

Durante a visita, não houve críticas do Papa sobre as políticas linguísticas e culturais repressivas de Pequim. Francisco assegurou que a China não tem nada a temer da Igreja Católica, pois esta não tem uma agenda política.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia bombardeia zona civil em Kharkiv e deixa 14 edifícios destruídos

Ucrânia denuncia novo ataque russo contra infraestruturas energéticas

"Tinha medo a cada segundo": o relato da vida de uma ucraniana sob a ocupação russa