EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Hungria defende cooperação com a Rússia

"Obrigação do governo húngaro é garantir o abastecimento energético do país", diz Szijjártó
"Obrigação do governo húngaro é garantir o abastecimento energético do país", diz Szijjártó Direitos de autor John Minchillo/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor John Minchillo/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Péter Szijjártó declara que "muitos outros cooperam mas não falam sobre isso". Orbán afirma que Budapeste tem "orgulho" em manter comunicação com Moscovo

PUBLICIDADE

A Hungria vai continuar a cooperar com a Rússia em matéria energética, apesar dos bloqueios europeus impostos ao petróleo e gás russos. Foi o responsável diplomático húngaro, Péter Szijjártó, quem o declarou, numa cimeira na Bielorrússia, revelando até o que considera a receita do sucesso: tecnologia ocidental e combustíveis fósseis acessíveis.

"O sítio onde se compra energia nada tem a ver com política, nem implica uma posição política. É uma questão de realidade física. E, uma vez que a obrigação e responsabilidade do governo húngaro é garantir o abastecimento energético seguro do país, o que não é fisicamente possível sem os recursos russos, vamos continuar a cooperar de forma pragmática com a Rússia. Tal como muitos outros, só que não falam sobre isso", salientou Péter Szijjártó, ministro dos Negócios Estrangeiros da Hungria.

Já o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, afirmou em Bruxelas que Budapeste tem "orgulho" em "manter aberta" a comunicação com Moscovo

Orbán defende que esta é a estratégia mais eficiente para tentar alcançar a paz.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Viktor Orbán: "Ucrânia está a anos-luz de aderir à União Europeia"

Putin lidera treino de "ataque nuclear maciço"

Opositor de Orbán mobiliza milhares em manifestação anti-governo