EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Air France-KLM aumenta receitas mas insiste nos despedimentos

Air France-KLM aumenta receitas mas insiste nos despedimentos
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O consórcio europeu da aviação Air France-KLM registou no terceiro trimestre deste ano (julho-setembro) receitas de 7415 milhões de euros

PUBLICIDADE

O consórcio europeu da aviação Air France-KLM registou no terceiro trimestre deste ano (julho-setembro) receitas de 7415 milhões de euros, impulsionadas pelo transporte de 25.897 passageiros. O resultado representa um aumento 10,8 por cento nas receitas e de 7,4 por cento no número de passageiros face ao mesmo período do ano passado.

No acumulado dos primeiros 9 meses deste ano, a Air France-KLM registou um aumento de homólogo das receitas em 5,4 por cento (de 18.700 euros passou para 19.713) e de 3,3 por cento nos passageiros (66.311 > 68.498).

[ Consulte aqui os resultados do terceiro trimestre da Air France-KLM ]

O presidente do Conselho de Administração, após a reunião de quarta-feira do organismo, justificou os bons resultados com o “ambiente favorável, caracterizado principalmente pela baixa dos preços do Petróleo e uma forte procura durante o verão”. “Essas circunstâncias vieram somar-se aos efeitos positivos do plano “Transform 2015” implementado em 2012”, acrescentou.

Air France-KLM to pursue cost-cuts despite Q3 profit lift https://t.co/NIoCX1atj8pic.twitter.com/WnFg0usIQ3

— FRANCE 24 (@FRANCE24) 29 outubro 2015

(“Air France-KLM prossegue no cortes das despesas apesar do aumento da receita no terceiro trimestre.”)

Alexandre de Juniac não deixou, contudo, de deixar uma mensagem pouco otimista aos sindicatos, com quem a Air France tem estado em negociações face à anunciada dispensa de pelo menos 1000 trabalhadores no próximo ano.

“A melhoria verificada é insuficiente para cobrir a falta de competitividade face aos nossos concorrentes ou para gerar recursos financeiros necessários para financiar o crescimento do grupo. (…) A administração convida os representantes dos sindicatos a retomarem as negociações assim que possível porque elas são cruciais para o sucesso deste plano”, lê-se na declaração de Juniac contida no relatório da Air France-KLM.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alternativa ao lítio: Pode o manganésio substituir as baterias de lítio dos veículos elétricos?

Banco Central Europeu corta taxas de juro em linha com as expetativas do mercado

Riqueza das nações: o fosso cada vez maior entre ricos e pobres na Europa