EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Presidente da China: "Não há vencedores numa guerra comercial"

Presidente da China: "Não há vencedores numa guerra comercial"
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Xi Jinping reagiu às ameaças de Trump em relação à China.

PUBLICIDADE

Com Donald Trump a designar a China como principal inimiga dos Estados Unidos em termos comerciais e a prometer uma política protecionista, o presidente da China reagiu.

Xi Jinping falou durante o Fórum Económico Mundial, em Davos. Apesar dos obstáculos que a eleição de Trump pode colocar, o presidente chinês acredita que o comércio livre vai triunfar: “O protecionismo é como estar fechado num quarto escuro. O vento e a chuva não entram, mas a luz e o ar também não. Não há vencedores numa guerra comercial”.

O economista Nariman Behravesh acredita que o clima entre os Estados Unidos e a China vai acalmar e os dois países não se vão envolver numa guerra comercial: “Esta foi uma mensagem forte enviada a Trump. Não querem uma guerra de divisas nem uma guerra comercial. De uma forma ou outra, isso vai ser ouvido pelo círculo de Trump. Penso que vão ceder ao senso comum e não vão começar um processo que pode escalar e tornar-se numa guerra comercial. Pensamos que as hipóteses de haver uma guerra comercial são muito baixas, mas nunca fiando”.

O discurso de Xi Jinping foi elogiado pelo ainda secretário de Estado norte-americano John Kerry, que disse que o discurso poderia ter sido escrito pelo presidente Obama.

A renegociação dos acordos comerciais com a China é uma das prioridades da administração Trump.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Produtores de aço europeus apelam à unidade dos 28

Putin no Vietname para reforçar os laços com o Sudeste Asiático perante isolamento russo

Calor, chuva e tempestades assolam Europa