EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Jake Gyllenhall regressa e a partir tudo em "Demolição"

Jake Gyllenhall regressa e a partir tudo em "Demolição"
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com Reuters
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O novo filme realizado pelo canadiano Jean-Marc Vallée estreou em setembro no Festival de Toronto, entra agora no circuito comercial e chega a Portugal a 21 de abril

PUBLICIDADE

Jake Gyllenhall está de regresso ao grande ecrã na pele de um bancário de sucesso que acaba de perder a mulher num acidente de automóvel e esbarra numa máquina avariada de venda automática de chocolates. A frustração por não conseguir o que já pagou leva-o a perder facilmente a calma e a destruir algumas das coisas que se lhe atravessam no caminho.

A revolta e a forma como lhe dá a volta evoluem a partir de uma série de acontecimentos em torno da forma como cada pessoa lida à sua maneira com o luto.

“Demolição” é realizado pelo canadiano Jean-Marc Vallée e conta também no elenco com Naomi Watts e o jovem Judah Lewis. Depois de ter brilhado no ano passado em “Evereste”, Jake Gyllenhall surge agora a bordo de uma história que o próprio descreve como “nada convencional sobre algo tão convencional”.

See Jake Gyllenhaal in a performance critics call “mesmerizing!” #Demolitionmovie hits theaters April 8. pic.twitter.com/Efionv9f3U

— Fox Searchlight (@foxsearchlight) 28 de março de 2016

“O que adoro no filme é que as pessoas o vão ver com um preconceito e, na minha opinião, não fazem nem ideia no que se estão a meter. Há muitos momentos em que damos por nós à gargalhada. É simplesmente uma estranha viagem através de uma situação aparentemente normal”, conta-nos o ator norte-americano, de 35 anos.

Na equação complexa do luto de “Davis Mitchell”, o personagem de Gyllenhall, surge também o sogro, “Phill”, interpretado por Chris Cooper. Entre as muitas cartas de reclamações e revolta que “Davis” envia após a morte da mulher, uma vai parar às mãos de “Karen Moreno”, papel interpretado por Naomi Watts. A ligação de resposta desta assistente vai espoletar uma empatia entre ambos, inflamada pela intervenção do filho dela, “Chris” (Judah Lewis).

Go see #DemolitionMovie in theaters on 4.8! Watch the cast & screenwriter on #BUILDseries: https://t.co/JC5hQJJ20Y. pic.twitter.com/4oA7egyoC1

— BUILD Originals (@AOLBUILD) 22 de março de 2016

Para Naomi Watts, “é um pouco difícil imaginar lidar com o luto daquela maneira”. “Ao mesmo tempo, quanto mais se estuda e se olha de perto, o luto não pode ser julgado. É um sentimento que se manifesta de forma diferente em cada pessoa”, considera a atriz inglesa, de 47 anos.

“Demolição” teve estreia mundial em setembro, no Festival Internacional de Cinema de Toronto, no Canadá e chega agora ao circuito comercial, com estreia marcada para 21 de abril em Portugal.

Trailer

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon