EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

"Quand on a 17 ans": um retrato emocionante da adolescência por André Téchiné

"Quand on a 17 ans": um retrato emocionante da adolescência por André Téchiné
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O último filme de André Téchiné, “Quand on a 17 ans”, é uma obra emocionante sobre a adolescência. Damien e Tom têm dezassete anos e são muito

PUBLICIDADE

O último filme de André Téchiné, “Quand on a 17 ans”, é uma obra emocionante sobre a adolescência.

Damien e Tom têm dezassete anos e são muito diferentes um do outro. O pai do primeiro é piloto, o do segundo, agricultor. Ambos frequentam o liceu de uma pequena vila dos Pirenéus. Os dois protagonistas brigam constantemente até ao dia que um acontecimento imprevisto os obriga a viver juntos. O conflito entre ambos mantém-se vivo, mas, começa pouco a pouco a evoluir para uma relação mais forte do que uma simples amizade.

Aos 73 anos, o realizador francês é um veterano da sétima arte, em França, o que não o impede de retratar a adolescência com simplicidade, despojamento e com um tom justo.

“Quand on a 17 ans” é um filme físico, natural, sensível e comovente. O ritmo da longa-metragem é marcado pela atração que um dos adolescentes exerce sobre o outro. O tema da homossexualidade está frequentemente presente na obra de Téchiné, mas, neste caso trata-se sobretudo de uma lição de confiança, em si nos outros e na vida.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon