EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Star Trek: A experiência Enterprise em Nova Iorque

Star Trek: A experiência Enterprise em Nova Iorque
Direitos de autor 
De  Antonio Oliveira E Silva com REUTERS
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os entusiastas da série Star Trek não vão querer perder a exposição dedicada à série de culto norte-americana, patente em Nova Iorque até finais de outubro.

PUBLICIDADE

Conhecer a Enterprise, a icónica nave da série Star Trek: o caminho das estrelas, em Portugal ou jornada das estrelas, no Brasil é agora uma experiência possível, pelo menos na cidade de Nova Iorque, durante os próximos meses, onde tem lugar na exposição “The Starfleet Academy Experience” (Viver a Academia Starfleet ). O evento é parte das comemorações dos 50 anos da famosa série norte-americana, exibida pela primeira vez em 1966.

Fans of all ages can attend our StarTrek</a> themed overnights on 7/23 & 7/30: <a href="https://t.co/T6FCGhanJd">https://t.co/T6FCGhanJd</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/StarTrekNYC?src=hash">#StarTrekNYC</a> <a href="https://t.co/i9BcddYYKo">pic.twitter.com/i9BcddYYKo</a></p>&mdash; Intrepid Museum (IntrepidMuseum) July 1, 2016

O evento conta com uma série de elementos interativos que permitem ao visitante chegar mais perto do mundo Star Trek. Presentes também, adereços que os fãs nunca esquecem, como os fatos da tripulação.

O visitante, em muitos casos, fã incondicional, será convidado a conhecer melhor as diferentes possibilidades da academia, desde as tecnologias da comunicação (que, passadas quatro décadas, continuam tão futurísticas como sempre), às técnicas de navegação espacial, passando pela medicina.

Become Captain of the U.S.S. Enterprise https://t.co/4LqJuQ8Och#StarTrekpic.twitter.com/cMxpFoP3aO

— Star Trek (@StarTrek) 30 de junho de 2016

George Takei, uma das estrelas da série original, transmitida nos Estados Unidos nos anos 60, contou ao jornalistas, durante a sua visita à exposição, como eram as coisas antes de que StarTrek se tivesse tornado numa série de culto à escala global:

“Começámos em abril de 1966 com um pequeno evento. Era uma série rompedora, uma série de ficção científica única,” disse Takei aos jornalistas.

George Takei, cujo personagem era parte da tripulação da Enterprise, disse esperar que a exposição fosse uma inspiração para os visitantes:

“Espero que, quando as pessoas visitem a exposição possam descobrir aquilo de que realmente gostam, de forma apaixonada. Como se diz por aí, quando se acaba a escola secundária, que sigam o coração deles, que façam aquilo que os preenche como pessoas. E esta é uma exposição que pode funcionar como fonte de inspiração.”

Uma fonte de inspiração que é possível conhecer até ao final de outubro no Museu Inteprid do Mar, do Ar e do Espaço, em Nova Iorque.

A exposição Star Trek: The Starfleet Academy Experience irá depois para Calgary, no Canadá.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Tudo no Classic Violin Olympus é único!": uma entrevista com Pavel Vernikov

Exposição da Galeria Saatchi explora a mudança da fotografia de moda

Art Paris 2024: a cena artística francesa no centro das atenções, com jovens talentos em destaque