EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

"Woman" - O documentário que dá voz a mulheres do mundo inteiro

"Woman" - O documentário que dá voz a mulheres do mundo inteiro
Direitos de autor Apollo Films
Direitos de autor Apollo Films
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Yann Arthus-Bertrand e Anastasia Mikova entrevistaram 2000 mil mulheres pelo mundo inteiro, numa recolha de "confissões" íntimas e universais.

PUBLICIDADE

"Woman" é o novo filme da jornalista Anastasia Mikova e do fotógrafo Yann Arthus-Bertrand. Um projecto colossal cujo objectivo é recolher as palavras de mulheres de todo o mundo, com testemunhos íntimos, de dimensão universal.

Yann Arthus-Bertrand fala-nos a realização do filme : "Todas as entrevistas foram feitas por mulheres, não podiam ser homens. As perguntas são bastante íntimas, são mulheres a falar para mulheres. Eu e a Anastasia tínhamos um conjunto de pressupostos: tivemos pessoas que prepararam com elas localmente as perguntas, porque não é fácil falar para uma câmara, quando se vai falar sobre a nossa vida íntima para milhões de pessoas. As pessoas têm de estar preparadas e concordar em fazê-lo, isso exige um trabalho de preparação. Filmámos dois anos, mas tivémos quase um ano de preparação antes disso".

Foram entrevistadas 2000 mulheres, em 50 países, uma quantidade considerável de reflexões gerais sobre educação, o mundo do trabalho, mas também sobre independência financeira, sexualidade ou menstruação.

"Pode-se dizer que colocámos um ou dois minutos no filme, mas as entrevistas duram de duas a três horas, é um pouco como ir a um psiquiatra: a certa altura as mulheres já não falam pela câmara, mas por elas mesmas. Simplesmente libertam-se, elas estão no escuro com uma luz à sua frente, mal vêem a jornalista, olham para a câmera e isto torna-se uma conversa muito pessoal".

Este documentário é uma oportunidade para ouvir palavras inauditas e ver tanto as injustiças sofridas como a força de resistência que anima as mulheres em todo o mundo.

O filme está disponível gratuitamente para as organizações e associações que desejem transmiti-lo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon