This content is not available in your region

"Sergio Mendes & Amigos" celebram a Bossa Nova em novo documentário

euronews_icons_loading
"Sergio Mendes & Amigos" celebram a Bossa Nova em novo documentário
Direitos de autor  Dalet
De  Francisco Marques

"Sergio Mendes & Friends: A Celebration" é uma nova retrospetiva de carreira de um dos maiores embaixadores mundiais da Bossa Nova. Estreia este mês, nos Estados Unidos.

O documentário baseia-se nas imagens de uma outra retrospetiva realizada por John Scheinfeld, "Sergio Mendes no Tom da Alegria" (HBO), estreado em janeiro do ano passado no Festival Internacional de Cinema de Santa Barbara, nos Estados Unidos, onde o músico viveu e cimentou a carreira.

"Havia uma sensação de frescura, romance, sensualidade. Era o Rio de Janeiro, no início dos anos 60. As melodias, o ambiente. Penso que tudo foi cativante. Pessoas de todo o mundo apaixonaram-se por aquilo, por aqueles sons", afirma Sergio Mendes nesta nova produção até ver exclusiva da PBS.

O músico volta a sublinhar o apreço pelo termo "serendipity", já referido no documentário de Scheinfeld. "Adoro a palavra. Não a temos em espanhol nem em português. Significa aquele encontro mágico na nossa vida que torna nos as coisas maravilhosas e a minha vida tem sido uma série destes acasos", conta o músico.

“Sergio Mendes & Friends: a celebration” ("Sergio Mendes & Amigos: Uma Celebração", em tradução literal não oficial) inclui entrevistas com artistas do calibre de Carlinhos Brown, Quincy Jones, John Legend e até Pelé, outro dos símbolos do Brasil.

Além claro da vibração e da luz próprias do Rio de Janeiro, fala-se também de Los Angeles, onde Sergio Mendes construiu um estúdio tendo como um dos carpinteiros Harrison Ford.

O ator norte-americano, famoso pelos papéis de "Han Solo" e "Indiana Jones", também fala sobre o mestre da Bossa Nova no documentário.