This content is not available in your region

Ex-Daft Punk escreve composição para uma orquestra sinfónica

euronews_icons_loading
Daft Punk posam para um fotógrafo em Los Angeles
Daft Punk posam para um fotógrafo em Los Angeles   -   Direitos de autor  Matt Sayles/Matt Sayles/Invision/AP
De  Nara Madeira  com AFP

Da música eletrónica para a Ópera Nacional de Bordéus. O antigo membro dos Daft Punk, Thomas Bangalter, escreveu a sua primeira composição para uma orquestra sinfónica, coreografada em "Mythologies". Este foi o seu primeiro trabalho musical desde que o duo se separou.

O maestro desta orquestra, explicava que na peça criada por Bangalter "h__á muita influência da música barroca"Romain Dumas acrescentava que ele é "apaixonado por Bach, por Vivaldi, pela pureza da escrita, pela pureza de estilo".

Angelin Preljocaj, o coreógrafo de "Mythologies" mostrava-se feliz por trabalhar com o ex-Daft Punk, foi uma _"_grande experiência", da qual quis "tirar proveito".

Bangalter, músico francês nascido de mãe bailarina e de pai compositor, e Guy-Manuel de Homem-Christo, músico de ascendência portuguesa, conhecido também por Guy-Man, calaram os Daft Punk, em 2021.

"Mythologies", produção do Ballet Preljocaj e do Ballet da Opéra Nacional de Bordéus, "explora os rituais contemporâneos e os mitos fundadores que moldam a imaginação colectiva", como se lê na página na internet da Ópera de Bordéus.