Letónia apoia estratégia forte e única para lidar com a Rússia

Letónia apoia estratégia forte e única para lidar com a Rússia
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A euronews entrevistou Laimdota Straujuma, primeira-ministra da Letónia, país que vai assumir a presidência rotativa da União Europeia no próximo

PUBLICIDADE

A euronews entrevistou Laimdota Straujuma, primeira-ministra da Letónia, país que vai assumir a presidência rotativa da União Europeia no próximo semestre e que apoiou o apelo do presidente do Conselho Europeu para que se encontro uma estratégia forte e única para lidar com a Rússia.

Isabel Marques da Silva, euronews :
“O Presidente Putin continua inflexivel, apesar de todas as sanções. O que pode fazer para o envolver na recuperação da relação com a Europa?

Laimdota Straujum, Primeira-ministra Letónia:
“Estou satisfeita porque todos os países da União Europeia estão unidos. Se o acordo de Minsk entre a Rússia e a Ucrânia falhar, então as sanções vão continuar a ser aplicadas.”

Isabel Marques da Silva, euronews :
“A Letónia tem uma importante parte da população de origem russa. Isto pode ser um problema para o seu governo e para a presidência da União nos próximos meses?”

Laimdota Straujum, Primeira-ministra Letónia:
“27% da nossa população na Letónia é de origem russa mas a situação é calma e estável.”

Isabel Marques da Silva, euronews :
“A Ucrânia tem também problemas financeiros. Acha que a União Europeia deveria entregar um terceiro pacote de ajuda. Kiev está a pedir dois mil milhões de euros.”

Laimdota Straujum, Primeira-ministra Letónia:
“Agora na Ucrânia o novo governo vai ter de aplicar muitas reformas. Reform as essas, que com a ajuda que vai chegar da Europa e de outros países, vão ajudar a resolver os problemas no país”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nicolas Schmit nomeado cabeça de lista pelos socialistas para as eleições europeias

Euronews em força nas eleições europeias que vão marcar uma era

O que faz o Parlamento Europeu?