EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Comissão Europeia critica Hungria por encerrar fronteiras

Comissão Europeia critica Hungria por encerrar fronteiras
Direitos de autor Szentgotthard,HUNGARY
Direitos de autor Szentgotthard,HUNGARY
De  Isabel Marques da SilvaSandor Sziros
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os cidadãos húngaros que chegam do estrangeiro devem fazer quarentena ou ter dois testes negativos à Covid-19 no espaço de 14 dias, mas os estrangeiros estão completamente proibidos de entrar.

PUBLICIDADE

A Comissão Europeia criticou o governo da Hungria pela decisão de impedir a entrada a todos os estrangeiros a partir de 1 de setembro.

O executivo europeu recordou, esta segunda-feira, que combater a pandemia deve ser feito de forma coordenada e ponderada.

"Há muito que enfatizamos a necessidade de substituir as restrições gerais à livre circulação por medidas mais direcionadas e que são limitadas no tempo ou no âmbito geográfico. Por exemplo, aplicar apenas restrições a visitantes oriundos de zonas específicas", disse a porta-voz Vivian Loonela.

Desde julho que há diretrizes para coordenar o encerramento de fronteiras na União Europeia, mas o governo de Budapeste alega que a Hungria tem tido bons resultados por ser mais restritiva e enjeita criticas como as de Sophie in't Veld, eurodeputada liberal neerlandesa.

"Não sei qual é a justificação para o encerramento de fronteiras que está em acentuado contraste com as ações do próprio primeiro-ministro Viktor Orbán, que se reuniu com o homólogo da Eslovénia, de forma muito próxima, apertando as mãos e sem usar máscara. Talvez o encerramento da fronteira seja apenas mais uma provocação contra a União Europeia e Orbán deve analisar se quer que o seu país continue a ser um Estado-membro porque o membro de uma equipa respeita as regras do jogo", disse a eurodeputada em entrevista à euronews.

Os cidadãos húngaros que chegam do estrangeiro devem fazer quarentena ou ter dois testes negativos à Covid-19 no espaço de 14 dias.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Fundação húngara repara e doa aparelhos de televisão aos hospitais

Covid-19 obriga ao fecho de várias escolas na Hungria

Conselho da UE dá luz verde à controversa Lei da Recuperação da Natureza