EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Juventus não vai recorrer da decisão da UEFA

Arquivo- Equipa de futebol da Juventus
Arquivo- Equipa de futebol da Juventus Direitos de autor FREDERIC J. BROWN/AFP or licensors
Direitos de autor FREDERIC J. BROWN/AFP or licensors
De  euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O antigo clube de Cristiano Ronaldo foi excluído das competições europeias por violar o fair play financeiro.

PUBLICIDADE

A Juventus não vai recorrer da decisão da UEFA de excluir o clube das competições europeias na próxima época, apesar de o seu presidente, Gianluca Ferrero, se mostrar "firmemente convicto da legitimidade" das ações do clube. A Juve foi punida por violar o 'fair play' financeiro e outras normas de licenciamento.

A UEFA anunciou na sexta-feira que a Juventus está excluída das competições europeias para a temporada 2023/24, devido a irregularidades financeiras.

Por causa desta decisão, o clube transalpino não vai poder jogar a Liga Conferência esta época. Para além deste castigo desportivo, a Velha Senhora  vai ter ainda de pagar uma multa de 20 milhões de euros, dos quais dez milhões são condicionais: só serão cobrados se o clube não cumprir os requisitos financeiros impostos pela UEFA nos próximos três anos.

A vaga deixada pela Juventus vai ser ocupada pela Fiorentina, oitava classificada da Serie A em 2022/23.

Durante a época passada, a Juve já havia sido castigada com a perda de dez pontos no campeonato italiano, acusada de realizar manobras para reduzir artificialmente os prejuízos nos relatórios anuais de contas durante a pandemia de covid-19.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Juventus perde 15 pontos no campeonato italiano

Benfica volta a vencer a Juventus e apura-se para os "oitavos" da Liga dos Campeões

Juventus sob a mira da justiça italiana